Innovations in Optical Fiber

We use cookies to ensure the best experience on our website.
View Cookie Policy
_self
Accept Cookie Policy
Change My Settings
ESSENTIAL COOKIES
Required for the site to function.
PREFERENCE AND ANALYTICS COOKIES
Augment your site experience.
SOCIAL AND MARKETING COOKIES
Lets Corning work with partners to enable social features and marketing messages.
ALWAYS ON
ON
OFF

Esta página possui melhor visualização com última versão do Google Chrome e do Mozilla Firefox.

Close[x]

Uma cultura de inovação

Os doutores Maurer, Keck, Schultz revolucionaram as telecomunicações globais

Três visionários por trás da fibra óptica Corning

Há mais de 40 anos, os cientistas da Corning Dr. Robert Maurer, Dr. Peter Schultz e Dr. Donald Keck foram reunidos para desenvolver um vidro óptico de alta pureza que pudesse efetivamente transmitir sinais de luz em longas distâncias, uma façanha nunca antes alcançada. Eles não imaginavam que iriam revolucionar a indústria global de telecomunicações.

Em meados da década de 1960, tornou-se evidente para os pesquisadores aqui e para a indústria de telecomunicações em geral que a infraestrutura existente de fio de cobre utilizada para a transferência de dados e voz não possuía largura de banda suficiente para o tráfego projetado. A corrida para encontrar uma solução começava.

Durante aquele período, os membros do British Post Office vieram à Corning em busca de assistência para a criação de uma fibra óptica de vidro puro. O design deles exigia uma fibra monomodo (100 micron de diâmetro com um núcleo de 0,75 micron) tendo uma atenuação total de cerca de 20 dB/km. O que havia de melhor em vidros ópticos possuía atenuações de cerca de 1.000 dB/km. Isso significava que Maurer, Schultz e Keck precisavam obter uma melhoria na transparência de 1.098 a fim de atingir a meta de 20 dB/km. Parecia impossível, mas eles conseguiram, e essa importante descoberta tecnológica mudou o mundo para sempre.

Hoje, a fibra óptica continua tornando possível o mundo da conectividade em que vivemos. Os serviços fornecidos sobre banda larga se tornaram um componente crítico da vida cotidiana, com acesso, velocidade e conectividade confiável, todos recursos os quais esperamos.

Em 2000, Maurer, Schultz, e Keck receberam o prêmio National Medal of Technology por sua inovação transformadora. Esta é a maior honra concedida pelo presidente dos Estados Unidos para os principais inventores da América, inovadores que fizeram contribuições duradouras para aumentar a competividade e o padrão de vida da América. Os cientistas da Corning receberam esse prestigiado prêmio quatro vezes, um feito notável.

Descobertas na tecnologia de fibra óptica estimulam a era da informação

Descobertas de fibra óptica estimulam

Uma incrível confluência de descobertas tecnológicas no início da década de 1970, alimentou a rápida aceitação da fibra óptica: o laser semicondutor, o microprocessador, e a "visão" inicial de uma rede global de comunicações.

Alguns a veem como o início da "Era da informação", comparando a revolução social atual de "acessibilidade da informação" com o último século da revolução industrial, em termos de abrangência e impacto.

As redes de comunicações habilitadas por fibra óptica evoluíram ao longo do tempo. No início da década de 1980, a fibra óptica era instalada principalmente pelas empresas de telefonia. Os benefícios eram evidentes. A fibra óptica podia transportar grandes quantidades de informação, muito superiores ao cobre. Além disso, sinais de luz podiam viajar através da fibra distâncias maiores do que sinais eletrônicos através do cobre.

No início da década de 1990 a revolução da fibra foi reformulando o modo como o mundo se comunicava. Fibras aperfeiçoadas, aparelhos eletrônicos superiores e o advento dos componentes ópticos significavam uma melhor qualidade do sinal e maior eficiência. Pode-se dizer que a Era da Informação estava se materializando através da fibra óptica.

Hoje, a convergência das redes de telecomunicações e o acesso às mesmas, através de um crescente conjunto de dispositivos por cada vez mais pessoas, está atuando como o meio através do qual o conhecimento, a cultura e as informações estão sendo distribuídos de forma mais uniforme.

Como a fibra mudou o mundo

O futuro da fibra brilha com força

O futuro da fibra

A geração atual está conectada como nenhuma outra. Hoje, mais de 2 bilhões de quilômetros de fibra óptica estão implantados em todo o mundo, conectando pessoas, empresas, comunidades, países e continentes

Há vinte anos, só podíamos pegar o telefone para nos conectarmos com alguém em tempo real. Hoje, temos a tecnologia para compartilhar voz, dados e vídeo instantaneamente e globalmente. Nos últimos 10 anos, a aplicação e o uso da tecnologia de banda larga ativada por fibra óptica explodiu, impulsionada pelas prioridades nacionais para as comunicações e a crescente procura dos consumidores.

Esperamos por serviços triple play, com voz, vídeo e dados, todos fornecidos a nós através de uma única conexão. Aplicações como o compartilhamento de arquivos, jogos on-line, vídeo sob demanda e HDTV, todas exigem uma capacidade de largura de banda que está forçando os limites das tecnologias tradicionais de transmissão de acesso como DSL, cabo e wireless.

Somente a fibra óptica possui a capacidade de entregar com segurança e simultaneamente todos os serviços que fluem através dos caminhos da informação. A fibra óptica oferece quase capacidades infinitas de largura de banda e está se tornando cada vez mais econômica. Nós lideramos e vamos continuar liderando o desenvolvimento e a entrega da última geração de fibra óptica, alimentando a expansão global da conectividade de banda larga para todas as aplicações de consumo e comerciais.

Devido à sua compatibilidade com outras tecnologias, melhor custo-benefício, e largura de banda quase ilimitada, a fibra óptica tem a capacidade de crescer e se adaptar às futuras exigências de consumidores para recursos de voz, dados e vídeo. Seu futuro é tão brilhante como as ondas de luz que brilham em todo o mundo e nós na Corning iremos continuar a liderar o caminho em inovação, desenvolvimento e implantação contínuos.